Nova ameaça de despejos atormenta trabalhadorxs em Atalaia

Da Redação com Gustavo Marinho/MST

Uma nova ameaça atormenta a vida das famílias dx trabalhadorxs rurais sem terra acampados no antigo latifúndio improdutivo Fazenda São Sebastião, hoje acampamento São José.

O local do conflito fica localizado na cidade de Atalaia, na zona da mata alagoana e aproximadas 70 famílias moram debaixo de lonas pretas, além de retirarem o próprio sustento do local.

De acordo com a direção do MST na região, o despejo é mais uma ação do latifúndio da região, com a conivência do Estado aos trabalhadores e trabalhadoras rurais que, desde que ocuparam pela primeira vez a área, são alvos de ameaças e ataques.

O despejo é realizado com o argumento de um suposto usucapião da terra, em nome da família do antigo arrendatário das terras da Usina, Pedro Batista, que desde 2015 tem ação rescisória no Ministério Público Federal do Trabalho questionando a propriedade da terra.

“Há um processo no Tribunal de Justiça de Alagoas, onde o Ministério Público Federal do Trabalho reivindica o cancelamento do usucapião para que a área seja destina ao pagamento dos trabalhadores da Usina Ouricuri”, reforça a direção do MST.

Os acampados e acampadas exigem que a ação rescisória, impetrada pelo MPF e em tramitação no Tribunal de Justiça (TJ-AL) seja julgada de imediato.

Desde sua ocupação a área é palco de conflito que, em 2005, assassinou o membro da direção estadual do MST, Jaelson Melquíades, em 29 de novembro. 

 

Anúncios

Um comentário em “Nova ameaça de despejos atormenta trabalhadorxs em Atalaia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s