Ocupação sofre retaliação de supostos proprietários que usam polícia pra intimidar

Scarlett Duarte

Uma ocupação na cidade de Marechal Deodoro realizada por trabalhadoras e trabalhadores sem teto vem sofrendo retaliação de pessoas que se identificam como proprietários que usam, inclusive, a polícia para intimidar as famílias.

As investidas vem sendo constantes e nesta quarta-feira, 25, duas viaturas da Polícia Militar de Alagoas escoltavam uma pessoa que se dizia proprietário do imóvel que foi construído há 20 anos, mas nunca foi inaugurado e com investimentos do governo federal para sua construção.

A ocupação compete a um hotel e um terreno – ambos abandonados – na cidade de Marechal Deodoro, região metropolitana de Maceió. Aproximadas 120 famílias acompanhadas e organizadas pelos movimentos MVT, MUM e MTL estão na luta.

De acordo com Dany Marques, do Movimento Via do Trabalho, os militares fizeram a escolta de um homem que se apresentava proprietário do imóvel, chegando a arrombar o cadeado na porta de entrada na presença das autoridades e invadiram a ocupação.

Ainda de acordo com ela, os militares não apresentaram nenhum mandado judicial e realizam uma revista e evadiram do local. Uma comissão da ocupação, representadas pelos movimentos acionaram o Estado, o Gerenciamento de Crise e os órgãos de segurança pública.

“Hoje (26) um veículo esta na porta do hotel fazendo um monitoramento de quem entra e saí da ocupação”, destacou nesta manhã Marques.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s