População se mobiliza contra PEC 55 e vai as ruas de Palmeira dos Índios

Luan Moraes

Nesta terça-feira, dia 1º, diversos setores da população de Palmeira dos Índios se reuniram na praça Moreno Brandão, a conhecida praça do Açude, na região central do município. O principal objetivo foi o de discutir as consequências do Projeto de Emenda à Constituição número 55 de 2016, anteriormente chamado de PEC 241.

Dentre os segmentos representados, destacamos o Sindicatos de professores, movimentos estudantes do Instituto Federal de Alagoas e das Universidades Federal e Estadual de Alagoas; contamos ainda com a presença dos índios Xukuru-Kariri, etnia que habita a região desde tempos imemoriais.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Abrindo os caminhos: toré inicia o ato contra o autoritarismo na terra dos Xukuru-Kariri

indios-em-ato-em-palmeira-dos-indos
Crédito: Luan Moraes/@GritonaLuta

As atividades, tiveram início com um toré, dança performática presente na cultura indígena Xukuru-Kariri. E foi sob o ritmo dos maracás e embalados pelo ar adocicado da fumaça das xanducas e cachimbos que escutamos os discursos de lideranças discentes, docentes e indígenas.

Havia um consenso sobre o perigo de tal proposta para os setores menos privilegiados pelo governo ilegítimo do presidente Temer.

Vale lembrar que Palmeira dos Índios é uma cidade da região agreste de Alagoas. Terra proveniente de missão indígena. Localizada a 135 km de Maceió, foi fundada em 1835, emancipou-se politicamente de Anadia em 1889.

Atualmente, com 127 anos, tem sua economia baseada principalmente na agropecuária,

ato-em-palmeira-dos-indios
Crédito: Luan Moraes/@GritonaLuta

com predominância do latifúndio. Ao longo de sua história foi um grande produtor de algodão e um dos mais importantes centros comerciais de Alagoas.

Assim, destacamos a importância desse ato numa localidade que representa as forças de permanência e atraso social.

O ato saiu em caminhada, passando pelos principais pontos de Palmeira dos Índios.

 UNEAL Campus III ocupada:  fortalecendo os debates acerca da PEC 55/2016

uneal-palmeira-ocupadaAo contrário do movimento estudantil do campus do IFAL localizado em Palmeira, o Campus III da Universidade Estadual de Alagoas, optou, após assembleia pública geral, pela greve discente e imediata ocupação de suas instalações.

Aprovada por ampla maioria, a ocupação terá programação diferenciada com debates voltados a PEC 55/2016.

Os interessados em participar de tal momento devem levar 1 (um) quilo de alimento não perecível e R$ 3,00, que serão utilizados para manutenção da ocupação.

Anúncios

4 comentários em “População se mobiliza contra PEC 55 e vai as ruas de Palmeira dos Índios

  1. Temos que correr atrás dos nossos direitos, sim, sobretudo, pelo futuro dos nossos filhos, por uma educação de qualidade, por esperanças, pois juntos fazemos acontecer!!! #vmPraruaVCtbm #forçaÀeducação #Apec241NÃO

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s