Brasil à venda: Ministro interino da Fazenda defende privatização de todas as estatais “aptas”

Henrique Meirelles disse que existe uma “intenção clara” do governo de privatizar, parcial ou integralmente, todas as estatais que estiverem aptas à venda. Recentemente, Temer solicitou que os ministros levantassem “tudo o que pode ser privatizado” e sinalizou que daria sinal verde para as privatizações logo após a confirmação do impeachment de Dilma 

Em almoço com parlamentares nesta quarta-feira (10), o ministro interino da Fazenda, Henrique Meirelles, defendeu que se privatize, integral ou parcialmente, todas as empresas estatais brasileiras que estejam aptas à venda. De acordo com o ministro, o futuro programa de privatizações do governo Temer renderia cerca de R$20 bilhões ao Tesouro.

“É muito importante que não se fique com estatais apenas para tê-las dentro do Estado. Devemos esperar alguns meses, mas existe a intenção clara de privatizar”, informou o ministro.

Os meses a serem aguardados que Meirelles citou representariam, na verdade, o tempo necessário para que o cenário político, supostamente, se estabilize após uma eventual confirmação do impeachment da presidenta Dilma e uma confirmação de Temer no poder até 2018.

Em junho, Temer solicitou a todos os seus ministros que façam um levantamento de “tudo o que pode ser privatizado” em suas respectivas pastas. Entre as primeiras privatizações e concessões, estariam a Caixa Seguridade, o IRB, participações da Infraero, aeroportos, portos e rodovias.

Imagem destacada: Reprodução Internet

Fonte: Revista Fórum

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s