Servidores da educação lavam calçadas da Seduc em protesto por direitos trabalhistas

Jean Albuquerque

Os servidores da Educação Estadual realizaram um protesto contra a “burocracia” e o entrave nos direitos trabalhistas. O ato ocorreu na porta da Secretaria de Estado da Educação, em Maceió, nesta quarta-feira, 13.

Eles são servidores auxiliares da administração escolar da rede estadual de ensino e durante o ato lavaram a calçada que dá acesso a entrada do prédio, segundo eles, em simbologia a toda as “sujeiras da educação”.

São servidores auxiliares da administração, os vigilantes, agentes administrativos, secretário escolar, auxiliar de serviços diversos, merendeiras, multimeios, motorista e fotografo.

Servidores da administração da Educação Estadual em protesto na Seduc. Crédito: Assessoria
Servidores da administração da Educação Estadual em protesto na Seduc. Crédito: Assessoria

Reivindicações

A categoria reivindica progressão funcional, concursos públicos para 1500 novos auxiliares, fim do desvio de função, reajuste salarial de 25%, pagamento do vale transporte, insalubridade, periculosidade e Equipamentos de Proteção Individual.

De acordo com Daniel Calisto, há oito anos que não há concurso público. “Todo os anos, os servidores das demais áreas tem 10% de reajustes, mas a gente do administrativo só recebemos 3% e quando recebemos”, destacou.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s